UOL: 54% dos professores afirmam ter sofrido violência na escolas


Em um ano, 54% dos professores da rede pública estadual de São Paulo disseram já ter sofrido pessoalmente algum tipo de violência dentro da escola. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva em conjunto com a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), divulgada hoje.


O número mostra uma tendência de crescimento nesses casos: em 2017, 51% dos professores disseram ter sofrido algum tipo de violência dentro das dependências da escola no último ano; em 2014, foram 44%.


Entre os professores que relataram ter sofrido algum tipo de violência, a agressão verbal é o caso mais frequente (48%), seguido por assédio moral (20%) e bullying (16%). Outros 8% dos docentes disseram ter sido vítimas de furto ou roubo e 5% de agressão física. Na pesquisa, os professores podiam responder sim a mais de um tipo de violência.


Clique aqui para ler a reportagem completa.

Recentes
Arquivo

© 2016 Locomotiva

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter ícone social
  • slideshare
  • YouTube ícone social