JC1: Pesquisa revela que mais da metade dos moradores das favelas não tem renda para mais de uma sem


No JC1 desta segunda-feira (13), foi divulgada uma pesquisa realizada em 269 favelas, em que 60% dos moradores que não estão trabalhando ou contando com doações, possuem renda para se manter no máximo uma semana. O estudo também indica que quase metade destes cidadãos não tem acesso à água encanada.


Segundo o Presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, mais de 42% dos moradores das favelas já receberam ajuda de donativos de alguma forma. “Toda ajuda é bem-vinda” – afirma Florinda Rodrigues, dona de casa que mora em Heliópolis.


Os números ainda mostram que 8 em cada 10 pessoas que moram em regiões periféricas precisam sair de seus bairros para comprar alimentos e produtos de higiene, ou até mesmo para receber as doações.


Renato Meirelles acredita que a saída destes residentes das comunidades provoca o risco de contaminação dentro da favela e também em toda a população: “Ou se distribui renda efetivamente no Brasil, ou corremos um sério risco de ter a favela contaminada, com uma convulsão social grande e uma contaminação que vai além das fronteiras do morro e pega toda a sociedade”.


Clique aqui para ver a matéria publicada no site do Jornal da Cultura.

Recentes
Arquivo

© 2016 Locomotiva

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter ícone social
  • slideshare
  • YouTube ícone social